browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

O Espetáculo

O espetáculo teatral “A Arte da Guerra” traz uma abordagem inusitada para este livro milenar. Emilio Gahma adaptou os conceitos deste clássico da estratégia através de duas histórias (uma atual e outra na época em que o livro foi escrito) para contextualizar seu conteúdo, tornando-o acessível ao público de nossos dias, que pode aplicar muitos destes conceitos para liderar equipes e administrar seu próprio negócio. As duas histórias acontecem paralelamente, em cenas alternadas, em duas épocas distintas. A primeira ocorre na China antiga e começa quando o General Wang é convocado pelo Imperador para ensinar a seu filho a arte da Estratégia. A segunda ocorre nos dias atuais e a protagonista é Verônica, uma advogada que trabalha numa empresa que sofre mudanças drásticas no seu quadro de liderança, gerando certa apreensão. O novo presidente da empresa é simpatizante do livro “A arte da Guerra”, de Sun Tzu, escrito há mais de dois mil anos, e pretende aplicá-lo na sua administração. As duas histórias se complementam através das lições dos líderes em questão: General Wang e Eclérides (o novo chefe de Verônica). O resultado final é um espetáculo ágil e divertido, que prende a atenção do público do começo ao fim, emocionando e arrancando boas gargalhadas; além de ensinar os conceitos de Sun Tzu de uma maneira criativa e inteligente. A direção do espetáculo é de Luiza Albuquerques. Assista, abaixo, a alguns trechos do espetáculo.